Como cuidar das roupas brancas

0

A roupa branca é a preferida dos brasileiros para a virada do ano. Em festas, na praia ou mesmo em comemorações de ano novo mais simples, a roupa branca representa paz, pureza e o sentimento de renovação. Com toda essa energia boa, você não há de querer usar uma peça manchada ou amarelada justamente numa data tão especial, não é?

Vestidos mais nobres, com pedrarias, precisam passar por cuidados especiais na limpeza, secagem e passadoria, porque podem amarelar e manchar e os brilhos podem desbotar.

As peças que serão usadas no Réveillon na praia também merecem atenção especial. Só de misturá-las com outras roupas na máquina de lavar, corre-se o risco de deixá-las ainda mais sujas.

Veja abaixo dicas para a conservação das suas roupas brancas:

Jeans, camisetas e roupas brancas do dia a dia, que podem ser lavadas na lavanderia ou em casa:

Como cuidar das roupas brancas
Foto
  • Se você vai à praia, provavelmente usará um look mais casual na virada. Para lavar essas peças brancas, de algodão, dissolva o sabão em água limpa, separadamente das peças de cor e de roupas muito sujas (porque a sujeira pode passar delas para as peças brancas), e deixe-as de molho, para, então, lavá-las.
  • Se a peça estiver manchada, o ideal é recorrer a uma lavanderia. As peças apenas amareladas podem ser colocadas de molho em alvejante à base de peróxido, em água quente, e, depois, ser lavadas normalmente. Mas, atenção: não são todos os tecidos que podem ser colocados de molho em alvejante. Alguns podem ser danificados. Na dúvida, é melhor recorrer a especialistas de lavanderias.
  • Jamais use água sanitária ou cloro nas roupas. Esses produtos deixam as peças amareladas e destroem as fibras dos tecidos.
  • Na hora do enxague, capriche: resíduos de sabão podem estragar as peças.
  • Cuidado com o amaciante: se ele não for bem diluído, pode manchar as peças.
  • Seque as roupas brancas sempre pelo avesso e à sombra, em local bastante ventilado.
  • As roupas brancas podem ser guardadas do avesso. As do dia a dia não precisam de capas especiais, mas jamais devem ser colocadas em sacos plásticos. Há uma ‘lenda urbana’ que diz que sacos plásticos azuis evitam o amarelado em peças brancas. Usá-los é um erro, porque eles não permitem que as peças respirem.

Roupas brancas especiais

Como cuidar das roupas brancas
Foto

Se você pretende usar um vestido especial neste fim de ano, ele merece cuidados também especiais. Veja:

  • Os vestidos de festa costumam ser confeccionados em tecidos nobres, como musseline, seda, cetim e tafetá. São peças sujeitas a marcas, rompimento do tecido e esgarçamento porque demandam uma costura delicada e o próprio tecido é bem sensível, com tramas delicadas. Lavá-los em casa é um grande erro: os produtos utilizados são inadequados, não é possível remover manchas e usar a máquina de lavar é o pior erro que se pode cometer. Em uma lavanderia profissional, as peças passam pelo processo adequado, a seco ou com água, dependendo de sua necessidade, totalmente artesanal, evitando-se o desbotamento, e secam em uma estufa especial, impedindo o encolhimento das peças. Nada disso é possível de se conseguir em casa.
  • Como os vestidos costumam ter detalhes, é necessário que se determine se serão limpos a seco ou a água por especialistas, que avaliam a qualidade dos brilhos e como foram confeccionados.
  • Passar essas peças requer cuidados redobrados. Por serem profissionais, os ferros de passar das lavanderias são bastante diferentes dos utilizados em casa, com alta precisão de temperatura e adequação aos tecidos. A técnica utilizada permite que as peças não fiquem marcadas e não adquiram aquele brilho deselegante, ocasionado pelo ferro muito quente.
  • Os vestidos de festa são tão delicados que um detalhe é fundamental na hora de serem lavados: em alguns casos, o forro do vestido precisa ser removido e lavado separadamente. Isso porque ele pode ser incompatível com o tecido principal, mais nobre, sendo que um deve ser lavado a seco e o outro, a água. Então, se forem limpos da mesma maneira, um deles sofrerá danos. Apenas pessoas preparadas conseguem verificar essa questão, oferecendo ao cliente a melhor opção.
  • Em casa, nunca guarde as peças em sacos plásticos, mesmo que elas venham com essa proteção da lavanderia. O plástico oferecido pela lavanderia é apenas para o transporte, devendo ser trocado em casa por uma capa de TNT, que ajuda a peça a respirar. Uma vez por mês, coloque o vestido para tomar ar num local fresco, à sombra.
  • Guarde suas peças do avesso, para que não percam a cor ou puxem fios. Porém, nunca as dobre, já que elas ficarão marcadas permanentemente. E, sempre, opte por cabides de ombros largos, que evitam marcas nas roupas.
  • Por fim, não se esqueça: usou, lavou. Mesmo que seja por poucas horas, a peça precisa passar por limpeza profissional. É que desodorante, perfume, suor e microsujidades, como respingos de bebida e comida, ainda que imperceptíveis, são um rico alimento para micro-organismos, que formam o bolor, as manchas e podem, em casos mais graves, até danificar a peça permanentemente. É por esse uso que é preciso lavar as peças antes de serem guardadas.

Salvar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite o seu nome