As blogueiras customizam: Irene do blog Irene Sarranheira

Irene Sarranheira é blogueira em Portugal. Dona do blog que leva o seu nome, Irene é uma pessoa muito criativa e carismática. Recentemente ela lançou o livro Tric Dicas (pretendo falar em breve sobre ele aqui no blog!) onde reúne várias dicas legais sobre faça você mesmo.

Livro Tric Dicas

Entrevistei a Irene para conhecer um pouquinho mais sobre ela, adorei esse bate-papo. E pelas fotos vocês podem ver o quão artesã talentosa ela é! Ah, vale também a visita em seu canal no YouTube, onde é possível assistir a muitos vídeos de artesanato com a blogueira.

1. O que você acha da customização?

Eu amooo sempre gostei muito de customizar as minhas coisas, roupas, sapatos, objectos, coisas das minhas filhas, gosto de ter coisas personalizadas únicas, ou seja mais a minha cara.

2. Como é o universo da customização aí na Europa e especialmente em Portugal, as pessoas têm o hábito de mudar suas roupas?

Aqui agora elas já olham com melhores olhos esse lance das customizações, dantes não era muito bem vindo não, sei lá acho que achavam coisa de “pobre”, agora que virou “modinha” toda gente customiza e até as professoras incentivam isso em ocasiões especiais nas escolas as mães a customizar roupinhas das crianças para festas da Primavera, Carnaval, dia das Bruxas, enfim.

Roupa customizada com tema Minnie
Roupinha inspirada na Minnie – feita por Irene Sarranheira

3. Você já customizou alguma roupa ou acessório de moda? Quais?

Eu, como já disse, gosto muito. Geralmente gosto de usar as roupinhas da Mariana, minha baby, que são as mais bonitas para fazer flores tipo headband, pulseiras, cintos, gosto de tecidinhos neutros para criar peças estilo vintage.

4. Ao você customizar, quais são suas inspirações?

Vintage com certeza, amo coisas antigas, acho que nasci na época errada (risos)

Brinquedos feitos com meia

Brinquedos feitos com meias antigas

5. Qual foi a primeira vez que você customizou?

Com 7 anos de idade peguei os lençóis da minha mãe e fiz um vestido lindíssimo, claro nem preciso dizer que arranjei cá uma chatice que rendeu um mês de castigo, né?

6. Alguma customização que você fez não deu certo?

Que eu me lembra não, até porque eu acredito que sempre dá certo, pode é não sair exatamente como planeamos, mas até ai tem a sua graça, né?? Fica ainda mais exclusivo, não vejo defeito e sim efeito.

7. Como você vê a relação moda e customização?

Olha, basicamente falando a nível europeu, acho que a “tal” crise européia veio mesmo a calhar neste sentido, porque fez as pessoas verem a customização com outros olhos. Hoje em dia dá-se muito mais valor a estes tipos de trabalhos e isto é realmente muito bom, tanto financeiramente como a nível ecológico e sustentável.

Como fazer chapéu
Veja como fazer chapéu de caixa de leite

8. Que peça que é tendência hoje você acha que pode ser conseguida fazendo uma customização?

Olha como acabamos de entrar na Primavera aqui em Portugal, então vamos para peças mais frescas e básicas, um vestidinho simples com algumas rendas e flores aplicadas, fica cheio de glamour, resulta bem e está em alta, uns calções de ganga (shorts jeans) também com rendas, desfiado, utilizando as velhas calças que você já não gosta, eu fiz minhas filhas amaram.

9. Você já customizou alguma coisa na decoração?

Já sim, várias vezes, roupinhas da Mariana viram decoração quase sempre risos.
Mariely muito sucesso para você, foi uma honra para mim ter participado deste seu quadro, amo seu blog, amei a entrevista super bjinhos

sapinho-feito-com-camisa-seda

Sapinho fofo feito com camisa de seda

vasinhos-flores-feitas-com-retalhos

Vasinhos de flores feitas com retalhos de tecidos

Eu que agradeço, Irene, por mostrar um pouco mais de seu trabalho para todas nós, e é muito bom saber que o Customizando também tem leitoras na Europa! 🙂

author avatar

Criei o blog Customizando para compartilhar ideias de customização de roupas, moda, artesanato e decoração. Sou apaixonada por bichos, vegetariana, amo cozinhar, ler e estar com minha família.

2 Comments

Deixe uma resposta

(*) Required, Your email will not be published