Moda: cachecol masculino

Hello meninos… Ih, não, espera um segundo, acho que entrei no Customiza errado haha. Olá, para quem não me conhece, eu sou o Jeff Lyra do blog Customiza Homem e hoje em parceria com o Customizando.net irei trazer pra vocês uns truques de como usar cachecol. Então vamos lá galera!

Primeiramente, entendam que o cachecol deixou de ser apenas um acessório ou complemento do seu look há muito tempo, hoje temos que enxergá-lo também como uma peça de roupa, com isso quero dizer que devemos ter atenção e mais carinho quando usarmos.

Sei que muitos dizem que cachecol é coisa do passado, que hoje temos o poncho e outras vestimentas, mas meus queridos, usar um cachecol com um blazer, uma calça jeans (leia-se jeans destroyed) e aquele social nos pés é uma elegância e estilo de tirar elogios por onde passar.

Essa peça possui uma imensa variedade de estampas, tamanhos e até de tecidos. É uma das peças que nunca vai deixar de ser usada no inverno e até porque nem precisamos mais falar que é uma tendência, pois ele está mais confirmado que o próprio frio.

Agora vamos dar três dicas básicas na hora de usar o cachecol:

Primeira: Se tiver muita estampa ou muita cor nas demais peças do seu look, evite estampas no cachecol, busque por cores mais neutras e peças de uma única cor.

Segunda: Ao contrário da primeira dica, se tiver um look monocromático, busque mais por cachecóis estampados e longos para trazer elegância e charme ao look escolhido.

Terceira: Jamais tenha medo ou vergonha de usar essa linda peça por achar que está fora de moda ou que é cafona.

Gostaram desse crossover?
Saibam que essa não será a primeira vez que nos verão por aqui, sempre que tiverem saudades nos procure, pois a Customiza Homem está logo ali.

author avatar

Artigo escrito por Jefferson Lira.

Chamo-me Jefferson Lira e sou o criador do Customiza Homem, sou apaixonado por moda grunge e vintage, além de louco pela cultura asiática e caído por musica clássica. Moda é só uma parte da minha vida, a outra fica com os livros e algoritmos de desenvolvimento de sistemas.

Deixe uma resposta

(*) Requerido, não aparecerá para ninguém